Phoenicopterus roseus

Muito provavelmente, daqui a uns anos poderei vir a pensar de uma forma diferente e também prestar atenção ao que me rodeia de outro ângulo. Agora e cada vez mais, faz-me sentido retratar o que gosto, dando maisimportância ao ambiente global e atmosfera de uma imagem, do que propriamente ao seu ator principal. Não quero com isto dizer que o menosprezo, nada disso, mas sim, que julgo ser mais acertado incluí-lo no meio de que faz parte, do que propriamente ter uma imagem em “tela cheia” de um bicho qualquer, onde este está imaculadamente retratado, sem sombras e até onde está tão “sharp” que se fosse um pássaro se conseguia vislumbrar cada pena que o compõe, individualmente.  

Nuno CabritaComment