Mists

Não sei explicar mas quando estou perante uma paisagem onde o nevoeiro é o fator dominante, fico parado, quase da mesma forma, ou melhor com o mesmo fascínio com que se olha para o fogo de uma lareira em casa. Sim é estranho, mas o humano é realmente um ser estranho.

Numa paisagem não encaro os nevoeiros, como algo que implique incerteza pelo que não é visível, nem mesmo como um qualquer fator que suporte uma certa dose de mistério e mística, como e infelizmente vou vendo cada vez mais em comentários em determinados locais, Não, tenho-o sim como um fator que enriquece fortemente a componente estética de uma imagem.

Existem nevoeiros e nevoeiros, estes tive a oportunidade de presenciar à uns meses a trás, numa saída com dois bons amigos. Nessa zona tive sorte de apanhar estas condições ao longo de praticamente todo o dia, no entanto, vim de lá com uma certa doze de frustração. Pura e simplesmente não me lembrei de colocar uma maquina a fotografar com o objetivo de criar um timelapse enquanto por lá andava. Estive tão embevecido com o que tinha à minha volta, que pura e simplesmente não me lembrei. Bom não somos perfeitos e eu seguramente não o sou nem mesmo o pretendo ser, outra oportunidade à de aparecer….

Nuno CabritaComment